Unipam Nota 5
Unipam Nota 5

Raiva bovina provoca morte de animal e IMA alerta produtores rurais para vacinar o rebanho

Sexta 07/12/2018 - André Amâncio
Fonte: PO Hoje
Raiva bovina provoca morte de animal e IMA alerta produtores rurais para vacinar o rebanho
D Vander confecção

O Instituto Mineiro de Agropecuária – IMA- de Presidente Olegário identificou a presença da doença de raiva bovina em uma propriedade rural no Distrito de São Brás de Minas, área rural de Lagamar, no Noroeste de Minas.

O IMA não tem registro oficial da enfermidade, transmitida por morcegos, no município de Lagamar. O instituto faz um rastreamento para vistoriar as propriedades da região e ações para aumentar a imunização.

Uma autópsia feita no animal, uma potra, confirmou que a causa da morte foi a doença. O resultado foi divulgado pelo IMA.

Segundo o médico veterinário chefe do IMA de Presidente Olegário, Paulo Roberto Machetto, o instituto está tomando todas as medidas por segurança, a fazenda que o caso foi registrado passou por fiscalização.

No local  foi identificado abrigos de morcegos em uma casa abandonada, mas os morcegos não eram hematófago. Já em uma cisterna tinha morcegos hematófagos.

Em Minas Gerais o IMA registrou foco da raiva bovina nos municípios de Araguari, Monte Alegre de Minas, Corinto e Almenara.

Raiva bovina

Transmitido pela picada de morcegos hematófagos, que são portadores, reservatórios e transmissores do vírus, por meio da saliva infectada que, pela mordedura ou lambida em alguma ferida aparente do animal, transmite a raiva. O vírus não tem tratamento. Por isso, a alternativa é a vacinação.

Após a contaminação, o animal tem até três meses de vida, período em que se desenvolvem sintomas como isolamento, agressividade, salivação e dificuldade ao andar. O ser humano também pode ser infectado.

Vacinação

De acordo com Paulo Roberto Machetto a  vacinação é a forma mais eficaz pra evitar novas contaminações. A vacina leva 20 dias em média para agir na prevenção.

Paulo Marcheto disse que as pessoas que residem na fazenda também foram vacinada e que todos os produtores rurais no raio de 12 km da fazenda que tem o foco devem vacinar o rebanho.

“Oriento também que todos os produtores rurais Presidente Olegário, Lagoa Grande, Lagamar e região façam o reforço da vacina contra a raiva nos animais”, disse Paulo Machetto.

A vacina contra a raiva pode ser encontrada em qualquer loja de produtos veterinários.

Serviço

O escritório do IMA em Presidente Olegário, fica localizado na Praça Independência, centro,  034 – 3811 20 50 para qualquer informação.

Rotativo

Compartilhe


Comentários

Anuncie Aqui
Padaria Nova Viçosa
Conceito moda PLUS Size
Moda Festa
Anuncie Aqui
Padaria Nova Viçosa
Conceito moda PLUS Size
Moda Festa