Vestibular Unipam 2018
Vestibular Unipam 2018

Empresa de Patos de Minas ganha ação na justiça e receberá quase 60 mil de ex-servente de obras

Segunda 12/03/2018 - André Amâncio
Fonte: Clube Notícia
Empresa de Patos de Minas ganha ação na justiça e receberá quase 60 mil de ex-servente de obras

Uma construtora de Patos de Minas receberá R$58.944,40, em honorários advocatícios, após provar, na justiça, a improcedência de uma reclamação trabalhista, impetrada por um ex-servente de obras. A sentença foi proferida depois que o homem entrou na Justiça contra a empresa, em 2016. O homem trabalhava em Ananindeua/PA.

O empregado pretendia a condenação da empresa no pagamento de indenização por dano moral e material no valor de R$589.440,00, em razão de um acidente do trabalho, ocorrido, segundo ele, por ter recebido ordens para carregar, sozinho, uma tampa de esgoto em concreto e ferro, com aproximadamente 70 kg, o que teria lhe ocasionado a ruptura total de tendão localizado no bíceps.

O advogado da empresa, o patense Dolglas Eduardo Silva, sustentou a culpa exclusiva do empregado, uma vez que  ele teria contrariado as normas da empresa e carregado, sozinho, a tampa de concreto, que só poderia ser carregada por duas pessoas.

A juíza do Trabalho Tereza Cristina de Almeida Cavalcante Aranha, destacou na sentença, que o empregado não conseguiu provar o fato constitutivo de seu direito, qual seja, a culpa da empresa, razão pela qual, não demonstrada a culpa, a empresa não pode ser responsabilizada pelo acidente ocorrido com o empregado, pelo que, julgou improcedente o pedido de indenização por dano moral e material.

Honorários de Sucumbência

A juíza do Trabalho, se baseou na nova regra de sucumbência para dar a sentença, prevista no artigo 791-A CLT, trazida pela reforma trabalhista, que passou a valer em 2017.Segundo a nova lei, quem perder na Justiça do Trabalho deve pagar os honorários advocatícios da outra parte, relativos aos pedidos que foram negados dentro do processo. O valor da sucumbência pode variar de 5% a 15% do valor total solicitado.

Na sentença a magistrada, explicitou que a norma processual é aplicável imediatamente aos processos em curso, de sorte que a questão dos honorários de sucumbência é regida pela lei vigente na data da sentença, por isso decidiu, com base no artigo 791-A, da CLT, arbitrar honorários de sucumbência, no importe de 10% sobre o valor da causa, pelo empregado, sendo considerados os parâmetros legais aplicáveis, em especial o trabalho realizado pelo profissional e o tempo exigido para tanto. A decisão é de primeira instância e ainda cabe recurso.

Centro  Politécnico

Compartilhe


Comentários

Refrigeração Vieira
Padaria Nova Viçosa
Conceito moda PLUS Size
Festa retrô
Refrigeração Vieira
Padaria Nova Viçosa
Conceito moda PLUS Size
Festa retrô
Zeppelin Lanches